Hoje, a especialidade da Fisioterapia Infantil fala-nos do "Tummy Time" do bebé

Hoje, a especialidade da Fisioterapia Infantil fala-nos do "Tummy Time" do bebé

Hoje, a especialidade da Fisioterapia Infantil fala-nos do "Tummy Time" do bebé

Para quem desconhece, a fisioterapia pode ajudar o bebé, e a sua família, nos casos de:
  • torcicolo;
  • atraso desenvolvimento motor;
  • necessidade de criar estratégias para colocar o bebé de barriga para baixo.

O bebé deve permanecer de barriga para baixo ou de barriga para o ar?

E a resposta a esta complexa questão  é "Tummy time":  dormir de barriga para cima brincar de barriga para baixo.

No início dos anos 90 criou-se uma campanha a recomendar colocar os bebés a dormir de barriga para cima de modo a diminuir o número de casos de morte súbita.

Apesar desta recomendação ter diminuído o número de mortes para 40%,começou-se a constatar que as crianças começaram a passar muito pouco tempo de barriga para baixo, desenvolvendo:

  • Atrasos no desenvolvimento motor;
  • Plagiocefalias;
  • Torcicolos posturais.

Para diminuir estes efeitos, é aconselhado a partir do momento que saem da maternidade, colocar os bebés de barriga para baixo enquanto estão acordados e sob supervisão. O tempo ideal nesta posição é de 30 minutos ao longo do dia. É certo que há muitas crianças que choram muito nesta posição e pode ser desconfortável, mas a cada bocadinho se faz a diferença.

Recentes estudos mostram que crianças que passam o tempo mínimo recomendado de barriga para baixo até aos seus 6 meses de idade desenvolvem  força e estabilidade ao nível da região cervical (pescoço) e coluna vertebral (costas) têm mais possibilidades de exploração do meio ambiente, promovendo a aquisição de competências a nível motor, sensorial, comunicação e também cognitivo."

fisioterapia pode ajudar nos casos de torcicolo, atraso desenvolvimento motor e plagiocefalias bem como em oferecer estratégias para colocar o bebé de barriga para baixo.

Texto escrito por: Tânia Gomes | Fisioterapeuta nas Clínicas Polidiagnóstico

Partilhar:
Ao navegar pelo nosso website e/ou utilizar os nosso serviços aceita o uso de cookies. Fechar esta notificação